segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Vereadora Arlete Mauriceia solicita através de Projeto de Indicação, uma praça na Rua Caboclinho Mourão, bairro Canudos, em Ipu.

A vereadora Arlete Mauriceia no uso da tribuna da sessão desta última quinta-feira, 22 de outubro de 2015 da augusta casa Legislativa. Na ocasião a nobre edil protocolou mais um Projeto de Indicação de nº 23, em sua súmula, o referido projeto indica ao prefeito Sérgio Rufino, a solicitação da construção de uma praça ou outra pública no terreno de propriedade do município, localizado na esquina da rua Caboclinho Mourão com a avenida Auton Aragão, no bairro dos Canudos.
Segundo a justificativa do referido projeto, no terreno funcionou, por vários anos, uma Lavanderia Pública, porém, há décadas, a mesma foi desativada, tendo inclusive suas instalações sido demolidas.
Nos dias atuais, o aludido terreno, apesar de localizado em área nobre da cidade de Ipu, encontra-se sem nenhuma utilidade pública.
Assim, a construção de uma praça ou outra obra pública na citada área, além de atender um sonho antigo dos moradores do Bairro dos Canudos, é uma demonstração de zelo e de bom uso da coisa pública.
Em outro tom, a vereadora expressou seu ponto de vista sobre "O seu sagrado direito de liberdade de locomoção assegurado pela Constituição Federal", um recado direto para aquelas lideranças que se acham donos do voto do povo. Segundo a edil (..) "No uso do meu sagrado direito fundamental de liberdade, locomoção dentro do território nacional que mim assegura a Constituição vigente! Eu estive na localidade de 'Baixa Larga', e fiz essa referência antes, que é um direito que mim assiste! Porque que infelizmente, quando você está inserido diretamente na política 'local' ainda existem lideranças políticas que se acham 'donos' da comunidade! O vereador quando eleito, ele tem a obrigação de desenvolver as suas atribuições como legislador e de representar, no caso de Ipu, toda a população, independente de localidade A, B ou C, é a obrigação do vereador! Tudo bem! Ele poderá de uma forma especial, agraciar, visitar os seus amigos mais próximos, seus eleitores, as pessoas que depositaram a credibilidade no seu trabalho, porém, o vereador não pode esquecer! Ele é representante de todo o povo ipuense." Afirmou.
Segue abaixo o vídeo completo do uso da tribuna com a vereadora Arlete Mauriceia, uma produção de Afrânio Soares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário